Manter a segurança de nossos lares requer alguns cuidados que podemos tomar no dia a dia e, vez ou outra, pode ser necessário termos de colocar a manutenção da casa em ordem. Assim como nos prevenimos fora de casa usando cinto de segurança ou evitando a combinação entre o álcool e a direção de automóveis, por exemplo, em casa podemos tomar algumas atitudes no sentido de manter a segurança e evitar acidentes.

Quase sempre pequenas precauções podemos tomar sozinhos como, por exemplo, fazer a troca de tapetes de pano por antiaderentes. Isso já vai surtir algum efeito, sobretudo se o piso for liso. Em casas com crianças e animais, os cuidados devem ser redobrados, porque tudo pode se tornar uma fonte para acidentes porque eles são bastante curiosos e têm muita energia. 

Caso não sejamos capazes, por exemplo, de trocar chuveiros, dar conta do ar condicionado ou de serviços gerais necessários, não devemos hesitar em chamar um profissional.

Ter um lar seguro é ter um lar em dia com a manutenção, isso vai desde manter a limpeza residencial até o posicionamento das tomadas. Em todo caso, separamos algumas dicas para você saber como garantir a segurança e a manutenção da sua casa.

Como garantir a segurança e a manutenção da sua casa

Dados do Ministério da Saúde apontam que quase 40% dos acidentes atendidos no SUS (Sistema Único de Saúde) acontecem em casa. Quem já passou por isso sempre se questiona sobre não ter percebido antes que determinado comportamento ou situação poderia ser perigosa ou que deveria ter prestado mais atenção. Não se culpe, acidentes acontecem. No entanto, eles podem ser evitados.

De um modo mais geral, algumas dicas são universais. Dar preferência para móveis de canto arredondados, no lugar de móveis pontiagudos é uma boa opção, vai evitar machucados mas graves caso alguém bata uma parte do corpo. Em ambientes com riscos iminentes de queda, como apartamentos e sobrados, é imprescindível a instalação de grades de proteção em janelas e portões no topo e na base de escadas. Se houver pets, telas de proteção serão ideais.

É bom lembrar de deixar ambientes iluminados, assim como evitar objetos espalhados ao longo da casa e, principalmente, de escadas. Se você puder, é recomendada a instalação de pisos antiderrapantes, mais especificamente em banheiros e cozinhas. No caso de idosos, considere barras de apoio em banheiros e adeque a altura de camas para a segurança deles. 

Agora que você já tem uma ideia geral das recomendações de segurança, vamos aos tópicos separados por cômodos, nos quais você também precisa garantir a segurança e a manutenção da sua casa.

COZINHA

Apesar de o banheiro ser o cômodo com o maior índice de acidentes, a cozinha é um lugar que pode ser bem perigoso da casa pela adição de gás inflamável e chamas. Na cozinha é o ambiente onde lidamos com água, equipamentos elétricos e fogo. Além disso, facas e ferramentas cortantes estão sempre à disposição. Basta um piscar de olhos e podemos ter acidentes gravíssimos. Portanto, fique atento aos detalhes:

  • Nunca deixe os cabos de eletricidade à mostra, coloque-os para trás dos equipamentos. Assim, você evita de entrelaçar em itens como panelas no fogão;
  • Quando usar o forno, caso seu pegador não seja isolado, coloque um pano no mesmo, para evitar possíveis queimaduras;
  • Mantenhas facas e objetos cortantes guardados em gavetas mais altas ou suportes;
  • Nos armários onde serão guardados produtos de limpeza, álcool ou coisas que possam representar algum perigo para as crianças, providencie travas de segurança contra a abertura por crianças;
  • Você sabia que o gás de cozinha é odorizado intencionalmente, para que seja acusada qualquer ocorrência de vazamentos? Fique atento ao cheiro de gás;
  • Substitua os tapetes de cozinha por algum tipo de antiderrapante;
  • Guarde sacolas de plástico em um local seguro, nunca deixe que crianças e animais domésticos brinquem com elas. Há grande risco de asfixia;
  • Faça manutenção e regulagem do fogão e forno sempre em um período inferior a dois anos. Isso é vital para a economia de gás e para evitar riscos desnecessários. Nessa manutenção verifique a validade da mangueira e registro do botijão.

BANHEIRO

O banheiro é o campeão das quedas, isso porque a junção de piso e azulejo com água e produtos como sabonete e xampu faz tudo ficar escorregadio na hora do banho ou de lavar o chão. No banheiro também costumamos guardar itens que contém química como produtos de higiene pessoal e remédios. Atenção para as recomendações:

  • Nunca deixe para depois. Se o piso estiver sujo, engordurado ou molhado, trate na hora. Procrastinar nesse momento é negligenciar que um acidente sério pode acontecer;
  • Nunca deixe as crianças sozinhas, ainda mais se estiverem no box. Até certa idade é possível e comum que elas se divirtam em suas banheiras, mas à medida que forem crescendo, conscientize-as de que o banheiro não é lugar de brincadeiras;
  • Cuidado com as famosas “farmacinhas”. Sempre confira e jogue fora os remédios vencidos. Se o rótulo estiver danificado e não for possível ler, também jogue fora;
  • Remédio fora da validade pode causar danos irreparáveis. Lembre que uma das principais diferenças entre o veneno e o remédio é a quantidade.

BRINQUEDOS

A compra de brinquedos é assunto sério. Com a chegada massiva de produtos falsificados ou mesmo sem regulamentação, corre-se o risco de trazer um produto perigoso para dentro da nossa casa. Então, antes de comprar qualquer item, veja se ele tem selo do Inmetro e se ele é indicado para a idade da criança. Veja os principais cuidados a serem tomados!

  • Leia as instruções de uso;
  • Tenha cuidado com peças pequenas;
  • Atenção aos brinquedos com pilhas;
  • Cuidado com brinquedos pontiagudos ou cortantes;
  • Preste atenção com cordas e balões;
  • Evite brinquedos que necessitem de eletricidade;
  • Alguns brinquedos com ruídos em excesso podem causar danos à audição;
  • Em nenhuma hipótese compre brinquedos que tenham compostos químicos;
  • Todo brinquedo tem data de validade; 
  • Brinquedos têm selo de segurança.

FERROS DE PASSAR

Dentre os acidentes domésticos, as queimaduras são bastante frequentes. Por isso, atenção redobrada ao passar roupas. Deixe as crianças longe, cuidado com animais correndo pela casa, use uma superfície firme e não faça o trabalho enquanto se distrai com outras coisas.

Caso precise parar para atender o telefone, por exemplo, desligue o equipamento, religando quando voltar. Quando acabar, coloque o ferro para esfriar em local longe de qualquer pessoa desavisada.

PARTE ELÉTRICA

Os números evidenciam que a maior quantidade de incêndios residenciais e comerciais se dão por curto circuito. A maioria destes poderiam ser evitados com manutenção periódica. Abaixo algumas dicas para evitar que você tenha acidentes envolvendo sua rede elétrica:

  • Tomadas não utilizadas devem ser tapadas com espelhos ou fitas adesivas;
  • Troque tomadas danificadas, evita acidentes e o desperdício de energia;
  • Devido à grande chance de sobrecarga, evite o uso de benjamins, principalmente em locais quentes e abafados;
  • Qualquer fio aparente deve ser devidamente protegido com fita isolante;
  • Quadros elétricos devem possuir portas, mas nunca devem ser trancados. Afinal, você pode precisar desligar a chave geral rapidamente, em uma emergência.

PISCINA E JARDIM

São nas piscinas onde acontecem casos de afogamento, e nos quintais quedas e deslizes podem ocasionar acidentes. Essa é uma área interligada das casas e condomínios e devem estar disponíveis e prontas para o lazer, portanto a segurança deve ser primordial.  Nesse caso, seguindo algumas indicações, tudo vai ficar bem:

  • As piscinas devem receber telas de proteção enquanto não estiverem sendo usadas;
  • Tenha boias sempre por perto;
  • Limpe todo o limo e lodo presente no piso antiderrapante ao redor;
  • Não corra na borda da piscina, mesmo sendo um piso mais rústico, uma queda séria pode ocorrer a qualquer momento;
  • No jardim, por conta de animais e crianças, cuidado com as plantas tóxicas. Ensine-os a não colocá-las na boca;
  • Corte a grama com frequência para evitar o acúmulo de sujeira e de vermes;
  • Quando aplicar qualquer tipo de produto químico na grama, ou nas plantas, isole o local.

Mantenha a manutenção da sua casa em dia

Acidentes domésticos podem ocorrer com diversos níveis de gravidade, desde uma simples queda até casos bem mais complexos. Evitar que eles aconteçam é uma tarefa essencial e devemos seguir todas as normas de segurança para o bom funcionamento de nossas casas e apartamentos. Isso inclui fazer periodicamente a manutenção.

Boa parte da manutenção residencial, como já falamos acima, pode ser feita por nós mesmos. Mas, em alguns casos, vamos precisar contar com a ajuda de um profissional. Quando o assunto são reparos hidráulicos e elétricos, por exemplo, alguém qualificado para fazer o serviço é o ideal, por mais que achemos que somos capazes. É sempre bom estar 100% seguro dentro de casa.

Se você precisa fazer reparos, pequenas reformas, de um eletricista, um encanador, consertar telhados e calhas, trocar vidros ou instalar boxes de banheiro, a Fix pode te ajudar. Nosso delivery de serviços conta com profissionais selecionados com critérios altos de qualidade que vão te oferecer o melhor custo benefício para garantir a segurança e a manutenção da sua casa.

O aplicativo de serviços que conecta você aos melhores prestadores para consertos, reparos, instalações e manutenções na sua casa.

baixe o app da Fix

Gostou do texto? Então deixe seu comentário e interaja com os nossos perfis nas redes sociais.