Transformação digital permite automatização de processos, reduz gastos, aumenta vendas e, com certeza, alguns sistemas imobiliários vão te apoiar bastante neste processo.

Cada vez mais empresas adotam sistemas para auxiliar a gestão e acompanhamento de projetos. Com as imobiliárias não seria diferente. A transformação digital, ou seja, o uso de plataformas e softwares no dia a dia das empresas, já é uma realidade no setor e já tem trazido vantagens competitivas consideráveis que não podem ser negligenciadas.

Atualmente, é possível encontrar uma série de ferramentas voltadas especificamente para o trabalho de administradoras, corretoras e outras companhias do mercado imobiliário. No entanto, ainda há muitas empresas que não usam esses recursos e acabam encontrando dificuldades nos negócios, as quais muitas vezes poderiam ser evitadas por meio de tecnologia.

No artigo a seguir, falaremos sobre três sistemas imobiliários que poderão facilitar a rotina da sua imobiliária, podendo até mesmo influenciar nas vendas, na agilidade no trabalho e, consequentemente, na satisfação dos seus clientes.

Importância de utilizar sistemas imobiliários

O uso de sistemas no dia a dia das imobiliárias não é um modismo ou uma despesa adicional. A chamada transformação digital já é uma realidade há algum tempo, em que a análise de dados e a automação de processos são primordiais para abrirem grandes oportunidades para as empresas e também mantê-las competitivas.

Algumas das vantagens gerais da adoção de plataformas digitais de gestão incluem:

  • aumento de produtividade das equipes;
  • redução do tempo empregado em tarefas manuais (como inserção de dados de clientes);
  • maior segurança e proteção dos dados armazenados.

Além disso, o uso desses sistemas por imobiliárias traz benefícios específicos para o segmento. O principal deles diz respeito a uma melhor gestão dos imóveis e clientes cadastrados. Com isso, é possível cruzar informações de maneira simplificada e conectar proprietários e possíveis interessados com maior rapidez.

Outro fator muito significativo dos sistemas imobiliários é a maior facilidade na gestão de contratos. Já há, por exemplo, inúmeras ferramentas que permitem o acompanhamento automático de datas de vencimento, cálculo de reajuste de aluguel e assinatura remota dos acordos.

A digitalização no setor imobiliário permite que as empresas desenvolvam ações de relacionamento com o público. A informatização, que é a aplicação da informática às atividades de uma empresa, permite que as imobiliárias identifiquem e atendam as necessidades dos seus clientes de forma ágil e precisa, fornecendo serviços personalizados que aumentam as chances de conversão de potenciais clientes (leads) e também reforçam a fidelização.

Entre os principais sistemas imobiliários empregados atualmente, podemos destacar três deles: CRM, ERP e assinatura digital. A seguir, confira o que é e quais são as vantagens de cada um.

O-que-e-CRM

O que é CRM?

CRM é a sigla em inglês para Gestão de Relacionamento com o Cliente. Diz respeito, portanto, a um sistema que atua no atendimento ao cliente e potenciais clientes (leads) da imobiliária. Essa ferramenta é muito útil para as empresas do setor, que devem lidar com diferentes tipos de público, como proprietários, compradores, inquilinos, entre outros.

A adoção de uma ferramenta CRM permite que a imobiliária organize de maneira prática e racional toda a jornada dos seus clientes, desde o primeiro contato e coleta de dados até o fechamento de negócios. Nesse sentido, o CRM possibilita que a empresa tenha acesso rápido às informações de cada cliente para facilitar a gestão e entender em qual momento está cada lead/cliente.

Vale destacar que sistemas do tipo CRM devem estar associadas a uma cultura focada na experiência do cliente. Isso significa que toda a imobiliária deve estar voltada para prover os melhores serviços com atenção às suas necessidades e o objetivo de manter níveis elevados de satisfação.

Nesse contexto, o CRM possibilita unificar esforços de todos os departamentos da empresa, permitindo que qualquer colaborador acompanhe todas as etapas de interação entre a imobiliária e seu público. Com isso, é possível ter uma visão completa do que fazer em prol de cada cliente – desde o momento em que chegou para você, passando por todas as etapas até a conversão.

O-que-e-ERP

O que é ERP?

Outra sigla em inglês, ERP significa Sistema Integrado de Gestão Empresarial. Como seu nome diz, o objetivo aqui é o gerenciamento da vida da empresa. Normalmente, ferramentas ERP são oferecidas em formatos de módulos e as empresas adquirem aqueles que mais lhe interessam para criar um conjunto de recursos que otimizem sua gestão.

Nesse contexto estão incluídas plataformas para automatização de questões administrativas, financeiras, recursos humanos, entre outras. Além dos módulos financeiros, como emissão de notas fiscais, consolidação de balanço e pagamento de impostos, um destaque da ERP para imobiliárias é a gestão de contratos.

A digitalização desses processos permite que a empresa esteja sempre atenta a questões relativas aos muitos contratos intermediados pela imobiliária. Com isso, é possível, dentre outros pontos, reduzir a inadimplência de inquilinos e monitorar situações de violação contratual.

A obtenção de um pacote de soluções ERP ainda garantirá à imobiliária redução de gastos, já que a rotina de gestão da empresa estará mais automatizada. Essa menor dependência do fator humano também diminui índices de erro e libera colaboradores para atividades mais produtivas e que demandem insights e contato humano.

O que é assinatura digital?

A terceira ferramenta listada neste artigo é a assinatura digital. Qualquer pessoa que atua no mercado imobiliário sabe do tempo que se pode levar entre fechar um negócio e obter as assinaturas de todas as partes em um contrato. Esse período pode ser reduzido até mesmo para poucos minutos com uma solução de assinatura eletrônica.

Atualmente, ferramentas como DocuSign e Clicksign oferecem a possibilidade de qualquer pessoa assinar remotamente um documento. Essas plataformas contam com requisitos de confirmação de identidade que garantem a validade dos acordos, a plena segurança e reduzem tempo e recursos empregados no processo de fechamento de contratos.

Algumas empresas se preocupam com o risco de os contratos assinados digitalmente não serem aceitos em caso de processo judicial envolvendo discussões sobre cláusulas do acordo.

Contudo, ainda que existam juízes que não reconheçam esse meio de assinatura, essas ferramentas são cada vez mais aceitas. Além disso, a possibilidade de inserir exigências como foto de documento ou selfie para validar a assinatura reduz esse risco.

Conheça a plataforma da Fix

Além desses três importantes sistemas, vale complementar esse artigo com um sistema imobiliário adicional que pode fazer a diferença na rotina da sua empresa. Estamos falando da plataforma digital da Fix!

Se você ainda não conhece, a Fix é uma plataforma que conecta imobiliárias, proprietários e inquilinos a prestadores de mais de 15 categorias de serviços de reparo e manutenção residencial. Os prestadores de serviço cadastrados na plataforma passam por um rigoroso processo seletivo que garante a segurança dos clientes e a qualidade dos profissionais.

Digitalizamos a relação com prestadores para a execução de manutenções nos imóveis, reduzindo gastos, otimizando o tempo dos gestores de imobiliárias e aumentando as taxas de satisfação dos clientes.

Seja um parceiro Fix e conte com a nossa expertise para encontrar os melhores prestadores da sua cidade e resolver seus problemas de gestão na manutenção de imóveis alugados com segurança e qualidade.