As dicas foram elaboradas com base nas principais reclamações e problemas envolvendo a devolução de um imóvel

O prazo combinado em contrato do seu aluguel está acabando e está chegando a hora de realizar a devolução do imóvel. Já sabe por onde começar? No que precisa se atentar?

Além de checar todas as contas que precisam ser pagas ou verificar o estado do imóvel, por exemplo, existem outras questões que nem sempre lembramos.

Por isso, montamos abaixo uma lista exclusiva com alguns dos principais pontos de atenção que vão te guiar para que você possa devolver o imóvel com tranquilidade e sem surpresas. A lista elaborada pela Fix foi feita com base nas principais dúvidas e problemas relacionados ao processo de devolução de um imóvel. Ah, é válido lembrar que, se pretende devolver o imóvel antes do prazo determinado em contrato, outros cuidados são necessários.

Registro de aviso prévio de mudança?

É fundamental que você verifique com sua administradora a necessidade de registrar um aviso prévio de desocupação do imóvel e quais os termos e detalhamentos. Tão importante que tal aviso está previsto na Lei do Inquilinato, onde o locatário precisa avisar o locador sobre sua intenção de mudança com até 30 dias de antecedência. Para fazer isso, você pode recorrer à sua imobiliária e comunicar oficialmente sua decisão.

Feito o comunicado, haverá tempo para fazer as tratativas com o locador para devolver o imóvel com os devidos cuidados e na estrutura original da propriedade. Caso o aviso prévio não seja realizado, o proprietário do imóvel poderá cobrar um valor adicional ao aluguel, chamado aviso prévio indenizado, além de outros possíveis encargos.

Organize todos documentos relacionados ao seu contrato de imóvel alugado

5-dicas-basicas-para-desocupar-um-imovel-alugado-sem-surpresas-homem-computador

Ao planejar a devolução do imóvel locado, é importante que você tenha em mãos o documento de Vistoria Inicial do Imóvel, bem como o Contrato de Locação. Entre outros, esses seriam os mais importantes. Uma vez que será exigido que você devolva o imóvel no mesmo estado em que o encontrou, é essencial utilizar esses documentos para analisar o que terá que ser feito de fato – ou não.

É difícil lembrar de todos os detalhes acertados ao alugar um imóvel. Por isso, com o contrato de locação, você terá o registro oficial de tudo que foi acordado, seja o prazo combinado para sua saída, manutenções e reformas sob responsabilidade de alguma das partes, penalizações, encargos, taxas, entre outros detalhamentos importantes.

Falando em documentos, se para algumas das despesas que são de responsabilidade do inquilino foi necessário fazer a transferência de titularidade das contas, não se esqueça de conversar com o proprietário do imóvel para que ele assuma novamente – ou já passe para o novo possível inquilino.

Organize a agenda da sua mudança

Com algumas etapas a serem respeitadas, sair de um imóvel alugado pode ser simples, basta se organizar. Por isso, é importante que você se planeje para que haja tempo suficiente de cumprir o aviso prévio, realizar a mudança e fazer as reparações necessárias no imóvel para deixá-lo no mesmo estado de conservação de quando você chegou, conforme contrato.

Para isso, é recomendado consultar todos os pontos de contato para as tarefas citadas acima, tais como o locador, imobiliária, administradora do imóvel e empresa especializada em reparos e manutenções, por exemplo, a fim de entender quanto tempo poderá levar para executar cada atividade. Dessa forma, você consegue se planejar melhor para cumprir seu aviso prévio tranquilamente, realizar as manutenções – se necessárias, e evitar ter que correr contra o tempo para sair do imóvel sem pendências.

Lembrete: ao deixar o imóvel, você também terá que quitar as contas pendentes, por isso verifique o que de fato é de responsabilidade do inquilino e o que é de responsabilidade do proprietário.

Reparos e manutenções necessárias? Contrate um especialista!

5-dicas-basicas-para-desocupar-um-imovel-alugado-sem-surpresas-hidraulica

É possível que existam reformas e manutenções a serem feitas antes de devolver o imóvel locado. Por muita vezes, o próprio inquilino tenta resolver algumas questões mais simples. Contudo, devido a complexidade de algumas tarefas, aconselhamos a consultoria de profissionais com expertise em devolução de imóveis, como a Fix, que tem, inclusive, um serviço especialmente voltado para essa finalidade.

Dessa forma, você evita dores de cabeça, pois muitas vezes o problema em questão tem desdobramentos, e com a contratação de um serviço especializado, você também contará com a garantia do serviço prestado, bem como a qualidade, habilidades técnicas e ferramental. Uma dor de cabeça a menos!

Procure mais de uma opinião sobre as soluções necessárias para devolver o imóvel

Um contrato entre locador e locatário pode ser bastante particular e com detalhamentos bem únicos. Por isso, é importante que você busque por mais opiniões para devolver o imóvel seguindo as diretrizes estabelecidas em seu contrato de locação.

Caso se sinta inseguro com alguma parte deste processo de desocupação, é válido ressaltar que hoje existem plataformas que podem te auxiliar em cada etapa deste processo, como a Fix, que são especializadas nesse serviço e te trarão mais conforto e tranquilidade!

quebrou queimou estragou? chame a fix, baixe o app




Dicas relacionadas:

semana-do-consumidor-4-motivos-para-aproveitar-e-cuidar-da-sua-casa-sem-sair-do-sofa-capa-homem-macacao-azul
Semana do Consumidor: 4 motivos para aproveitar e cuidar da sua casa sem sair do sofá

A Semana do Consumidor 2021 pode ser uma ótima oportunidade para você transformá-la na Semana da Casa Arrumada!

fix-processo-seleção-prestadores-pessoas-esperando
Como é feito o processo de seleção dos prestadores?

Como a Fix seleciona seus prestadores de serviços? Um rígido e completo processo é feito antes de ingressarem na empresa. Read more