Você já ouviu falar sobre IGMI-C? Este é um índice que ajuda a regular o mercado imobiliário no Brasil. Afinal, para fazer um investimento é preciso identificar quais são as condições do mercado, se estão favoráveis ou não para novas aquisições. Por isso, preparamos esse material que vai ajudar a acabar com todas as suas dúvidas sobre o que é e como calcular o IGMI-C.

O Brasil é um país onde a venda de imóveis passa por altos e baixos ao longo dos tempos. Normalmente, são anos de forte crescimento, onde as condições para comprar imóveis são ótimas. Em seguida, vem uma forte queda a recessão, onde ninguém mais nem pensa em comprar imóveis.

Levando isso em consideração, foi criado o IGMI-C, que ajuda a mostrar boas oportunidades no mercado, que podem se mostrar lucrativas dentro de pouco tempo. Por isso, se você está pensando em fazer um investimento no mercado imobiliário, precisa conhecer todos os detalhes que envolvem este assunto.

O que é IGMI-C?

O Índice Geral do Mercado Imobiliário Comercial, conhecido pela sigla IGMI-C é um valor que ajuda a demonstrar de forma completa a valorização e o rendimento gerado por imóveis comerciais durante determinado período. Assim, é um modelo que foi criado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e é fundamental para o mercado imobiliário.

O IGMI-C tem como um dos principais apoiadores a bolsa de valor B3, antiga Bovespa. É um índice anunciado uma vez por trimestre, com o objetivo de mostrar qual é a situação do setor, indicando se fazer investimentos é algo seguro ou não. Além disso, foi lançado em 2000 e hoje já é considerado uma referência para a formação de preços.

Funciona como um indicador para futuros investimentos realizados no mercado imobiliário, mostrando ainda questões que envolvem a valorização do setor, com informações obtidas por meio de uma análise macroeconômica. Portanto, é algo essencial para demonstrar as melhores épocas para a compra de novas propriedades.

O mercado imobiliário é algo volátil, assim como o IGMI-C, então mesmo que os números não tenham sido divulgados, eles continuam sendo coletados e atualizados. De fato, é um mecanismo ótimo para quem pretende fazer investimentos na compra de imóveis.

Como calcular o IGMI-C?

Você já sabe o que é, mas ainda precisa compreender como calcular o IGMI-C. A divulgação dos resultados podem ser feitas de 3 maneiras diferentes, em relação a renda, capital ou total. As contas são as seguintes:

  • Retorno da renda: t = ROLt / (Vt-1 + It);
  • Retorno do capital: t = [(Vt – Vt-1) – It + At] / (Vt-1 + It);
  • Total: t = Retorno da renda em t + Retorno do capital em t.

Entenda agora o que representa cada um dos termos usados nos cálculos:

  • “ROL” é a Receita Operacional Líquida;
  • “V” representa o Valor avaliado do empreendimento;
  • “I” é o Investimento feito em reformas;
  • “A” significa Alienações totais ou parciais da propriedade.

Por mais que o IGMI-C seja apoiado pela B3, ele não conta com ativos da bolsa de valores em sua composição, as fórmulas adotadas para descobrir os valores são estas. De fato, quem deseja estudar o mercado imobiliário precisa entender deste cálculo.

O IGMI-C foi o primeiro indicador financeiro nacional, para medir a capacidade da rentabilidade de investimentos feitos no setor imobiliário. O cálculo é feito por meio de informações fornecidas de modo voluntário por participantes que incluem investidores institucionais e empresas que estão ligadas ao setor imobiliários.

Desse modo, podem fazer parte do grupo que fornece dados para o cálculo empresas administradoras e gestoras de carteiras imobiliárias, incorporadoras e consultores. Então, todos os dados captados são condensados para formar o índice, completo e capaz de auxiliar os investidores do mercado imobiliário.

IGMI-C e o mercado imobiliário

Antes do lançamento deste índice os investidores até conseguiam perceber o desempenho dos seus investimentos, mas não podiam comparar os resultados com o restante do mercado. Dessa forma, era bem mais complicado para perceber as fraquezas do ramo, impedindo a prevenção contra bolhas no setor imobiliário.

Esse índice serve como uma lupa para os investidores do setor, ajudando também os corretores durante as tentativas de vendas. Afinal, eles ganharam mais um argumento que pode ser usado para o convencimento dos clientes. Então, é algo que ajuda a mostrar como o momento é seguro para fazer investimentos.

Existem alguns fatores que influenciam na valorização ou desvalorização de um imóvel, como a localização. Assim, as propriedades que ficam em bairros seguros, com boa infraestrutura e tranquilos, tendem a apresentar uma elevação nos preços. Além disso, a área precisa ser de fácil acesso e no caso dos imóveis comerciais, contar com um fluxo de pessoas também é bacana.

As condições do imóvel e a documentação da propriedade são outras condições que precisam ser analisadas quanto a valorização de um imóvel. Mas, no caso do IGMI-C, todos esses dados são levados em conta, assim como a procurar por imóveis em determinada época do ano.

Posso fazer investimentos no IGMI-C?

Não, o IGMI-C é um indicador financeiro e não um ativo comercializado na bolsa de valores. Portanto, nenhuma pessoa pode comprar ações apenas avaliar os números para que assim consiga fazer investimentos mais certeiro no mercado imobiliário.

Ele é um dos pontos mais importantes que deve ser considerado por pessoas que planejam fazer investimentos envolvendo a compra de imóveis. Por exemplo, é interessante avaliar o histórico do índice, para perceber quais são os momentos de alta e quais são os momentos de baixa no mercado.

Existem muitos outros índices no mercado financeiro, sendo que no caso deste seu objetivo é mostrar caminhos sobre o mercado imobiliário comercial. Então, a ideia é ser uma referência para investidores no setor imobiliário, analisando ativos verdadeiros e de extrema importância para a economia.

Pode não ser algo tão específico para uma família que está em busca de comprar uma casa ou um apartamento para morar. Mas, pode fazer total diferença nos casos em que o investidor tem um elevado capital e está procurando apostar em fundos imobiliários. Portanto, esse tipo de pesquisa e análise é algo essencial.

Conheça a Fix!

A plataforma de serviços que conecta seus clientes aos melhores prestadores de serviços para consertos, reparos, instalações e manutenções.

Gostou do texto? Então deixe seu comentário e interaja com os nossos perfis nas redes sociais.




Dicas relacionadas:

saiba-quais-termos-digitais-sua-imobiliaria-precisa-conhecer
Saiba quais termos digitais sua imobiliária precisa conhecer

Conheça os principais termos digitais do mercado e alinhe aos seus objetivos de negócios no ambiente digital para alavancar sua Read more

a-transformacao-digital-impactou-os-corretores-de-imoveis-corretor-casa
A transformação digital impactou os corretores de imóveis?

Os corretores de imóveis estão atentos à transformação digital do mercado imobiliário? Novas oportunidades não param de aparecer.