Já ouviu falar em gamificação? Saiba mais sobre uma das grandes tendências de inovação do setor e entenda como essa tática de engajamento poderá impulsionar os resultados da sua imobiliária.

Como temos falado em nosso blog a respeito das diversas evoluções e benefícios trazidos pela transformação digital, a gamificação (voltada para o mercado imobiliário) não poderia ficar de lado. Por meio dela, as imobiliárias poderão não só atrair novos clientes, mas principalmente ter formas estratégicas para engajá-los e retê-los.

Para quem não está familiarizado com o termo, gamificação vem do inglês “gamification“, que significa aplicar as mecânicas de jogos (virtuais ou mesmo de tabuleiros) dentro do ambiente empresarial. Seu intuito é criar maneiras para deixar o cliente (ou funcionário, aluno, etc) mais envolvido com seu negócio, estimulando pessoas e alcançando objetivos.

Há também quem utilize a gamificação no ramo imobiliário para treinar equipes. Nesse caso, o objetivo é melhorar a eficiência, a compreensão de conceitos e a habilidade dos profissionais envolvidos. Neste texto, vamos te dar um panorama geral sobre gamificação para que você possa entender do que se trata e, quem sabe, estudar formas de aplicar em sua imobiliária.

Você pode se interessar: Imobiliária digital: o que é e qual sua importância para manter seu negócio competitivo

Como a gamificação pode ser aplicada no mercado imobiliário?

A gamificação já está em diversos setores há um tempo, inclusive no imobiliário, como mostra esta matéria, que diz que uma das maiores franquias imobiliárias inovou ao realizar um treinamento para corretores de imóveis utilizando gamificação.

Empresas como Google, Starbucks, Hyundai, Domino’s Pizza, entre outras grandes já utilizaram como estratégia de seus negócios para diferentes finalidades. Enquanto uma quis coletar mais dados de seus clientes, outra buscou aumento de faturamento, outra treinou sua força de vendas e etc. Nesses exemplos, todas obtiveram êxito, gerando grandes cases de sucesso.

Então, é possível sim utilizar a metodologia para alcançar determinados objetivos de sua imobiliária. Um exemplo prático para ilustrar um caso de gamificação no setor imobiliário seria a criação de um sistema que registra os resultados dos seus profissionais. O profissional com melhores resultados é bonificado como forma de incentivá-lo e também gratificá-lo pelo bom desempenho.

Já o profissional com resultados inferiores, poderá, dentro do seu sistema/aplicativo, trilhar um caminho de desenvolvimento para aprimorar suas habilidades, resultando em ganho para os dois lados: ganho de experiência e conhecimento para o profissional, ganho de um funcionário mais engajado e melhor qualificado para a imobiliária.

“Fazer com que um funcionário se sinta parte de um projeto e que a empresa esteja investindo nele poderá trazer resultados que serão verdadeiros divisores de água para sua imobiliária. A gamificação poderá ser um grande aliado.” 

Neste sistema, aplicativo ou a plataforma que preferir para organizar sua gamificação, todos funcionários possuem acesso para acompanharem juntos o progresso de todos. O intuito é unificar o time em prol do mesmo objetivo, gerando uma competição saudável. É importante que o líder saiba analisar se em seu ambiente de trabalho existe espaço para este tipo de iniciativa e se seria bem visto pelos funcionários.

A gamificação também poderá trazer insights valiosos:

A-gamificação-também-poderá-trazer-insights-valiosos

Com a quantidade de dados que você terá ao implementar a gamificação na sua imobiliária, será possível ter uma visão de qual corretor, profissional de vendas ou departamento da empresa, por exemplo, está conseguindo melhores resultados em determinada atividade e qual área tem sido um desafio.

Lembre-se do mais importante: a ideia é sempre que os profissionais se sintam valorizados e estimulados a encararem os desafios de forma colaborativa, onde o esforço de cada um é tão recompensador quanto somente os resultados alcançados. No fim, a ideia é que o esforço coletivo, por meio de uma competição saudável, traga resultados para todos.

E como a gamificação pode ser uma fonte rica de insights valiosos, não se esqueça de explorar os formatos. Um quiz bem estruturado, por exemplo, poderá te mostrar em quais áreas seus funcionários estão com melhor entendimento e em quais será necessário reforçar. Esta é mais uma iniciativa que poderá trazer um grande diferencial nos resultados da sua imobiliária.

Quais as vantagens da gamificação para o mercado imobiliário?

Levantamos algumas das principais vantagens em se aplicar a gamificação em sua imobiliária. Aproveite para entender um pouco mais sobre as formas de se utilizar e explorar essa tática:

1- Senso de pertencimento: você poderá trazer a todos um senso de pertencimento, que poderá servir como motivação. Afinal, a ideia é que seu aplicativo, software ou plataforma seja algo descontraído, bem como uma ferramenta para desenvolvimento dos funcionários.

2- Trabalho em equipe: como dito, a ideia é que esta seja uma iniciativa colaborativa. O jogo pode se tornar uma maneira eficaz de induzir o trabalho em equipe. Ao atuarem juntos para solução de um problema, todos envolvidos poderão ser beneficiados, por exemplo.

3- Competição saudável: a sua tática de gamificação pode literalmente ser baseada em um jogo, com desafios, obstáculos e premiações baseadas em pontuação e rankings. Como sugerido, a ideia é deixar que todos possam acompanhar o desempenho de seu colega para gerar uma competição saudável.

4- Análise de pontos fortes e fracos: como dito, muitas vezes um simples questionário com perguntas e respostas poderá evidenciar em que área sua imobiliária deverá investir para melhorar, onde estão os pontos fortes e como direcionar parte do orçamento para aperfeiçoamento dos profissionais.

Leia também: Conheça as inovações para se tornar uma imobiliária digital

Como começar a implementação da gamificação na sua imobiliária?

Para começar, é fundamental que antes da imobiliária pensar em trabalhar com gamificação, ela tenha muito claro o objetivo final esperado, algo como uma meta.

Só assim será possível determinar as métricas de sucesso para cada estratégia, tornando possível medir os resultados das iniciativas.

Exemplo prático: busca capacitar seus corretores? Então tenha em mente quantos corretores terão que ser capacitados em determinado período de tempo e quais os resultados esperados deles: aumentar suas vendas? Aumentar volume de contato com potenciais clientes? Essa definição poderá influenciar, inclusive, na forma que a gamificação será criada, os desafios, as tarefas, bonificações e etc.

Um outro ponto importante é como você definirá os incentivos. Dinheiro não é a única alternativa e há outros meios para conseguir que os profissionais também estejam engajados em um projeto. Prêmio em treinamentos? Acesso a trabalho com clientes VIP com maior margem de lucro? Alguma experiência? Enfim, as possibilidades são inúmeras.

Para isso, recomendamos que você conte com a consultoria de uma empresa especializada em gamificação – se possível, com experiência no mercado imobiliário. Há muitos caminhos que podem ser explorados e, com a ajuda de um especialista, seus horizontes poderão se ampliar ainda mais.

Esperamos que este conteúdo tenha te auxiliado a entender melhor sobre os potenciais da gamificação no setor imobiliário. E se você ainda não conhece a Fix, saiba que somos uma plataforma digital que oferece a mais rápida maneira de te conectar aos melhores prestadores de serviços, independente de sua necessidade! Seja para consumidores finais, seja com soluções para imobiliárias.

Ah, e a Fix também promove debates e desenvolve conteúdos pertinentes sobre o setor imobiliário em geral, envolvendo grandes empresas e executivos do mercado. Confira!

CTA FIX PARA IMOBILIÁRIAS