A grande ascensão do mercado digital ao redor do mundo traz consigo não somente novas formas de trabalho, mas também um novo vocabulário. Confira a definição de alguns termos e fique por dentro.

Em um momento de grande transformação digital em diversos mercados, é importante acompanhar novas linguagens e termos que estão sendo utilizados diariamente para se manter atualizado. O marketing digital tem sido amplamente usado de forma estratégica nos mais variados mercados e, com isso, nasce um novo vocabulário para definições de táticas e técnicas específicas.

As novas formas de trabalho e ações em marketing digital podem, inclusive, incrementar o marketing de lançamento imobiliário do seu negócio, por exemplo. Mas para isso, é necessário entender também os termos que envolvem o ambiente digital. Ao conversar com clientes e prospecções, é importante ter na ponta da língua alguns dos principais jargões e expressões, bem como entender quais suas respectivas finalidades.

A Fix tem exercido um papel importante no avanço do marketing digital no setor imobiliário, uma vez que tem auxiliado empresas em seus processos de digitalização. Já respeitando as diretrizes da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), auxilia empresas a resolverem problemas de inquilinos e proprietários de forma prática e gera receita adicional pensando no futuro do setor imobiliário.

Para complementar as dicas de marketing digital que a Fix já elaborou para sua imobiliária, criamos uma lista com definição de termos que vão te auxiliar a se manter atualizado. Confira!

Termos digitais mais conhecidos

saiba-quais-termos-digitais-sua-imobiliaria-precisa-conhecer-dicas-de-marketing-digital

Market Share: grau de participação de uma empresa no mercado em que atua em termos das vendas de um determinado produto ou serviço comparado a seus concorrentes.

Lead: um cliente em potencial. Utilizado para descrever o início do interesse de um possível cliente num determinado produto ou serviço. Os leads, ao contrário dos prospects, são contatos que já demonstraram algum interesse na sua empresa.

Benchmark: consiste no processo de busca das melhores práticas de um determinado mercado ou setor para melhorar um produto, serviço e até formas de trabalho, por exemplo. É a busca de referências de sucesso para aprimoramento do seu negócio.

SEO: sigla para Search Engine Optimization, do inglês ‘otimização para mecanismos de busca’. Trata-se de um conjunto de técnicas de otimização para páginas na web (sejam sites ou blogs). Essas otimizações visam alcançar bons rankings orgânicos gerando tráfego e autoridade para sua página online. Quanto melhor for seu ranking orgânico nas ferramentas de busca, mais no topo dos resultados sua empresa aparece (nesse caso, sem investimento).

Funil de conversão: é o mapeamento das etapas pelas quais um cliente passa, desde seu primeiro contato com uma empresa, passando pela fase de consideração em adquirir seu produto ou serviço, até a aquisição de fato.

Buzzword: é um jargão, palavra ou frase que se torna muito popular por um período de tempo. Determinada palavra ou termo do momento que ganhou grande notoriedade.

Target: traduzida do inglês, significa alvo. No contexto de marketing, seria o público-alvo que sua empresa pretende atingir e mirar seus esforços. Aqueles cujas necessidades e desejos mais se aproximam de suas ofertas de produtos e/ou serviços.

UX: experiência do usuário, do inglês ‘User Experience’, é o conjunto de elementos e fatores relacionados à interação do usuário com seu produto, sistema ou serviço, cujo resultado poderá gerar uma percepção positiva ou negativa.

CX: A experiência do cliente, do inglês ‘Customer Experience’, diz respeito às respostas comportamentais do consumidor durante todos os estágios do processo de consumo, incluindo os estágios de pré-compra, consumo e pós-compra. Diferente do UX, não foca apenas na interação com seu produto ou serviço, mas sim em toda jornada.

CS: sigla para Sucesso do Cliente, do inglês ‘Customer Success’, são métodos de negócios que visam garantir aos clientes que obtenham seus resultados desejados ao usar determinado produto ou serviço da sua empresa. Hoje em dia, existem profissionais voltados somente a esta etapa do processo.

Stakeholder: amplamente utilizado em diversos setores atualmente, refere-se às partes interessadas ou relacionadas a uma empresa ou projeto, tais como clientes, fornecedores, funcionários, comunidades e investidores, por exemplo.

Jornada do consumidor: consiste em um conjunto de etapas que envolvem o cliente em um processo de aquisição de um produto ou serviço. Tem seu início desde o momento da identificação da necessidade de ‘curar uma dor’, passando pela pesquisa, interesse e fechamento da venda.

KPI: sigla para Indicador-chave de Desempenho, do inglês ‘Key Performance Indicator’, são as métricas que você vai eleger como essenciais para avaliar o sucesso de um projeto. Ou seja, como você vai medir o êxito de uma iniciativa.

ROI: sigla para Return Of Investment, do inglês ‘retorno do investimento’, é uma métrica usada para saber quanto a empresa ganhou com os investimentos feitos. Para calcular o ROI, é preciso levantar a receita total, subtrair dela os custos e dividir esse resultado também pelos custos.

Engajamento: são as formas como as pessoas interagem com seus produtos, serviços ou até mesmo conteúdos publicados na internet, sejam site, blog ou mídias sociais. Comentários, curtidas e compartilhamentos em algo relacionado a sua empresa são exemplos mais comuns.

CRM: a gestão de relacionamento com o cliente, do inglês ‘Customer Relationship Management’, se refere ao conjunto de práticas, estratégias de negócio e tecnologias focadas no relacionamento com o cliente. Vai além apenas de uma plataforma de gerenciamento, pois trata-se de todo o processo utilizado pelas empresas para gerenciar e analisar as interações com clientes, antecipar necessidades e desejos, otimizar a rentabilidade, aumentar as vendas e personalizar campanhas de captação de novos clientes.

Keyword: significa palavra-chave, em inglês. É uma palavra que resume os temas principais de um texto. Identifica ideias e temas importantes para servir de referência a pesquisas. Pode ser um termo, expressão ou frase utilizados pelo usuário na sua pesquisa em mecanismos de busca, como o Google.

No fim, não é tão complicado quanto parece. Entendendo seus objetivos de negócios, os termos acima, bem como outros relacionados ao ambiente digital, farão ainda mais sentido para sua imobiliária. Eles o auxiliarão não somente a medir seu sucesso, mas também te trarão mais clareza sobre as diversas oportunidades e benefícios trazidos pela transformação digital.

Ficou com alguma dúvida sobre esses termos e como eles podem ser aplicados na sua imobiliária? Converse com um especialista da Fix, clique aqui.




Dicas relacionadas:

transformacao-digital-saiba-como-aplicar-o-conceito-em-sua-imobiliaria-capa
Transformação digital: saiba como aplicar o conceito em sua imobiliária

A transformação digital já é uma realidade no mercado imobiliário e sua empresa precisa estar preparada para as mudanças causadas Read more

o-futuro-dos-portais-no-setor-imobiliario-mulher-fix
O futuro dos portais no setor imobiliário

Saiba como o futuro dos portais no setor imobiliário influenciam no dia a dia das imobiliárias e dos corretores.