Além de ajudar de forma expressiva corretores e administradores em geral no mercado imobiliário, existem diversas razões para implementar sistemas digitais nas atividades imobiliárias. Saiba mais.

Como temos falado em alguns artigos sobre transformação digital, a tecnologia chegou nos mais diversos mercados, inclusive no imobiliário. Mas não para ser vista como uma ameaça, mas sim, uma aliada que auxiliará imobiliárias e profissionais em geral a atingirem seus objetivos de maneira mais rápida. E em resumo, é para isso que servem os sistemas digitais na jornada de locação de imóveis.

No artigo de hoje, vamos desmistificar mitos e verdades que ainda existem no setor imobiliário em relação a adoção de novas tecnologias que melhoram a jornada de locação de imóveis. E para isso, contamos com três participantes especiais: Luis Paulo, Product Manager na Superlógica, Manoel Gonçalves Neto, CEO e fundador da Arbo, e Thais Sterenberg, CMO e sócia da Fix.

A rotina de uma imobiliária pode ter diversas dificuldades, mas que com certeza poderão ser minimizadas com o uso de softwares e tecnologias desenvolvidas especificamente para este fim. Entre os diversos benefícios dos sistemas digitais na locação de imóveis, está a melhor gestão, o aumento da produtividade e o acesso às informações.

Além disso, por meio desses sistemas, também é possível melhorar o atendimento, a gestão de processos internos, agilizar rotinas de trabalho, poupar tempo e, como consequência, aprimorar os resultados da sua imobiliária. Vem saber mais!

 

Leia também: A transformação digital impactou os corretores de imóveis?

 

 

O que é um sistema digital de gestão de locações?

Começando pela definição em si: o que, de fato, pode ser considerado um sistema digital de gestão de locações? Para Luis Paulo, Product Manager na Superlógica, o conceito tem mudado ao longo dos últimos anos. Há não muito tempo, um sistema de gestão de locação era uma plataforma que gerava boletos e realizava pagamentos para o proprietário, era essa a visão que as imobiliárias tinham. Receber e pagar o proprietário e ter uma prestação de contas para fácil consulta.

Atualmente, os sistemas digitais se tornaram um meio para se conectar mais com os clientes e tornar a comunicação mais fácil e fluida. Além de receber e pagar o proprietário, também se tornou um canal para se conectar com outros players e oferecer serviços, tal como contratação de um seguro, garantias locatícias (o que facilita bastante a vida de inquilinos), entre outras inúmeras possibilidades.

Luis complementa dizendo que hoje, as plataformas de gestão de locação estão se tornando o coração (ou mesmo o cérebro) de uma imobiliária. Afinal, é ali que os gestores terão um fácil acesso à saúde financeira do negócio, analisar e se perguntar: consigo crescer? É o momento para dar uma segurada nos investimentos e cuidar da casa? Uma análise real baseada em dados reais.

Você pode se interessar: Gestores de imobiliárias: 5 dicas valiosas para nunca esquecer

Ter um sistema digital é o mesmo que digitalizar processos?

Para Manoel Gonçalves, trata-se de coisas bem diferentes. Digitalizar processo é fazer o que já era feito, mas ao invés de ser manual, se faz uso da tecnologia por meio de sistemas. 

“Na minha época de imobiliária, eu armazenava os contratos de locação em local físico e depois passávamos as informações para o excel para auxiliar a fazer cobranças relacionadas ao IGP-M, entre outras coisas. Quando eu transfiro toda essa metodologia, os fluxos dos processos para um sistema, eu digitalizo ele, tirando do físico e colocando no digital para mais eficiência e praticidade. Mas fica nisso, a gestão de pagamentos a fazer ou receber em um lugar digital.”

Agora, com a transformação digital, Manoel afirma que um sistema digital vai muito além. “Agora nós temos um hub de informações. Em um só lugar, além da gestão dos pagamentos como era feito anteriormente, eu posso fazer contratações (que antes eram feitas manualmente) por meio de poucos cliques. Posso cotar seguros, o que me desonera muito em tempo e me dá mais eficiência, faço gestão dos contratos, assinaturas, digitalizo documentos, crio automações que agilizam o dia a dia e muito mais.”

Além de um hub de informações, o gestor também tem prestações de serviços a um único clique. Por fim, é interessante analisar o quão eficiente o sistema digital te tornou e quantos processos cortou ao ter um ‘hub digital’.

O que antes exigia diversos profissionais para fazer cotação de seguro, cálculos, entre outras funções operacionais e até braçais, com um sistema digital para imobiliárias o gestor baixa custos, ganha eficiência e melhora o resultado para o cliente final, que é uma das principais vantagens, segundo Manoel. Proprietário melhor informado, evita erros, cria uma comunicação mais fluida e com registros, reduz a jornada de locação do inquilino, entre diversos outros benefícios.

Luis complementa afirmando que o sistema digital e a digitalização de processos são complementares, pois para se digitalizar processos é necessária uma ferramenta tecnológica para isso, um sistema que auxilie a realizar uma tarefa de maneira mais rápida, prática e eficaz. “Sem um, não tem como ter o outro”, conta.

Como os sistemas digitais (e a digitalização em si) impactam na experiência do cliente?

Luis Paulo diz que a implementação de sistemas digitais pode – e deve – impactar positivamente na experiência do cliente, mas alguns cuidados são necessários. Para começo de conversa, é importante ressaltar que as tecnologias por si só não resolvem todos os problemas. Mesmo com todos os benefícios e facilidades trazidas pela transformação digital, o contato e relacionamento humano ainda é bastante exigido por grande parte dos clientes (sejam proprietários ou inquilinos).

Muitas empresas até contratam sistemas e plataformas, mas por vezes, acabam se esquecendo de algo fundamental, que é o relacionamento com o cliente. Sim, as tecnologias vão dar muito mais agilidade e praticidade em alguns processos que, de fato, o cliente espera que se resolvam mais rapidamente. Não adianta se digitalizar por completo e perder o relacionamento com o cliente, que é de suma importância.

Quando falamos do mercado imobiliário, sabemos que nem sempre um e-mail, mensagem ou plataforma vai resolver determinado problema. Algumas vezes, é realmente preciso ir até a imobiliária, conversar com os gestores, explicar detalhes para então resolver.

Por isso, o mercado como um todo – incluindo o imobiliário, tem trabalhado com estratégias omnichannel, que é o uso simultâneo e interligado de diferentes canais de comunicação com o objetivo de estreitar a relação entre os mundos online e offline, aprimorando, assim, a experiência do cliente. Igual empresas onde você pode comprar online, mas tem a possibilidade de buscar seu produto presencialmente.

“Então sim, as tecnologias nos trazem facilidades e podem aprimorar a experiência do cliente. Só não podemos acreditar que ela vai resolver tudo, pois aquele “cafézinho na imobiliária” está longe de terminar”, afirma Luis Paulo.

Manoel complementa dizendo que o relacionamento humano pode sim ser considerado como um diferencial competitivo perante a algumas imobiliárias digitais que não dão atenção para esse tema.

Contudo, é fundamental analisar o comportamento dos clientes para alinhar as estratégias: “será que um sistema ou plataforma já não poderia ter resolvido determinada dor antes mesmo dele buscar contato humano? Por isso, defendo que o ideal é incentivar que as imobiliárias tenham o melhor dos dois mundos”, diz Manoel. Isso pode melhorar (e muito) a experiência dos clientes.

Thais complementa dizendo que trazer previsibilidade da dor do cliente e resolvê-la de maneira antecipada com certeza traz um diferencial competitivo. “Digitalizar processos para trazer mais eficiência e, por consequência, ter mais tempo para prever esses problemas e ajudar os clientes com certeza fará um diferencial super positivo”, afirma.

Como escolher um sistema digital? Por onde começar?

Com tantas soluções hoje no mercado, muitos gestores de imobiliárias acabam ficando sem saber por onde começar e qual sistema contratar – ou mesmo se, de fato, será necessário. Dezenas de startups nasceram para oferecer soluções para as mais diversas dores de uma jornada, sejam de donos de imobiliárias, proprietários de imóveis ou mesmo inquilinos.

Tendo em mente que um dos principais desafios de uma imobiliária é dar mais eficiência para sua operação, este definitivamente precisa ser o ponto de partida. Querer apenas acompanhar o mercado pode ser uma grande cilada, pois a dor de um nem sempre será a mesma que a do seu negócio.

A contratação de diversos sistemas e plataformas pode não ser útil e tira o gestor de imobiliária do foco da dor, sem saber para onde olhar ou por onde começar a utilizá-las. Nesse caso, independente da ferramenta adquirida, o mau uso (ou não uso) não trarão os resultados esperados e, no fim, a impressão que ficará é que os sistemas digitais não são úteis.

Por isso, a sugestão é que o gestor tenha em mente as principais dores de sua imobiliária e pesquise o sistema ou plataforma que melhor irá atendê-lo. Há empresas e profissionais, como os de Customer Success, que podem auxiliar a imobiliária a mapear toda jornada para identificar a dor, sugerir a solução e definir o sistema ou plataforma que melhor irá atendê-lo.

Lembre-se: grande parte dos sistemas ou plataformas possuem o chamado “free trial“, que significa um teste gratuito por um curto período. Isso permite que sua imobiliária experimente a solução e valide antes de fechar algum tipo de plano com maior durabilidade. Você também pode buscar na internet e em fóruns imobiliários para saber o que seus colegas de profissão estão utilizando para sanar determinada dor.

Conteúdo em vídeo na íntegra sobre sistemas digitais

Gostou do conteúdo? Quer assistir a um bate-papo sobre esse tema na íntegra com grandes nomes do mercado imobiliário? Venha conferir a 8ª edição da FixLive! Todo esse conteúdo e muito mais sobre sistemas digitais na gestão de locações para você se manter atualizado e acompanhar as tendências do setor. É só dar o play!

Se você já entende, por exemplo, que a manutenção dos imóveis da sua carteira são uma dor para sua imobiliária, agende agora mesmo uma conversa com um especialista da Fix! Há 4 anos simplificando a manutenção de imóveis para imobiliárias, proprietários e inquilinos. Veja como ajudamos a sua imobiliária:

Digitalização de processos e redução de custos

Inquilinos resolvem manutenções mais rápido

Proprietários têm seus imóveis valorizados

Geramos receita extra para você de graça