A entrada da casa é seu cartão de visitas. Dessa forma, uma fachada bem harmonizada com o restante da construção pode ser peça fundamental da beleza do imóvel. Para te dar dicas de como deixar sua casa ainda mais bonita, nossa equipe de profissionais preparou um material cheio de dicas e informações sobre pinturas de portões.

Na virada do ano, muitas pessoas querem dar aquela renovada no seu imóvel, seja para receber familiares e amigos ou para iniciar o ano com o imóvel transformado. Além disso, algumas pessoas usam parte do 13º terceiro para fazer essas mudanças.

Para fazer as pinturas dos portões é preciso se atentar aos tipos de materiais necessários para que o portão fique bem pintado, lustroso e resistente. Confira abaixo tudo sobre o processo que envolve a pintura de portões.

A melhor tinta para pinturas de portões

Antes de tudo é preciso saber qual tinta é a mais adequada para pintar portões. Uma recomendação fundamental é que não se utilize tintas à base de água, pois elas não suportam a exposição do sol e da chuva e nem lavagens constantes.

Por isso, use tintas feitas a partir de solventes, que são os esmaltes e o verniz. Em regra, esse tipo de tinta tem odor forte, mas alguns fabricantes já possuem tintas com cheiro mais ameno.

As tintas esmaltes podem ter acabamento fosco, alto brilho e acetinado. Além disso, como uma regra simples, o fosco mostra mais a sujeira, já o alto brilho pode ser cansativo aos olhos e o acetinado, por sua vez, acaba sendo o meio termo e o mais indicado para um acabamento bonito e prático.

Em portões de madeira, onde será usado o verniz, o tradicional é o transparente. Mas, se você deseja que seu portão tenha aparência envelhecida ou nobre, será preciso um verniz com pigmentação específica e talvez a aplicação de um fundo ou tratamento especial antes da aplicação.

Escolhendo a cor para pinturas de portões

A escolha da cor também é algo essencial ao pintar os portões, uma vez que os tons transmitem personalidade e harmonizam o ambiente. Por isso, fizemos um guia simples sobre o que cada cor pode representar.

Veja abaixo!

Vermelho: representa entusiasmo, impulso e paixão, estimula movimentos, combate o estresse e a falta de energia;

Amarelo: traz luz para situações difíceis, harmoniza o todo e representa a cor do sol;

Violeta: expressa individualidade, personalidade associada à intuição e dá um tom de mistério;

Laranja: estimula o otimismo, a generosidade e o entusiasmo, denota calor afetivo, equilibra segurança e confiança;

Azul: é a cor da purificação, relembra seriedade e confiabilidade, demonstra poder de quebrar energias negativas;

Verde: representa paz, segurança e inteligência, também conhecida como a cor da ação;

Branco: remonta à purificação e transformação, reúne todas as cores e sempre é ligada ao amor divino, limpeza e claridade;

Preto: indica elegância, sobriedade e denota poder;

Pinturas de portões de ferro

Em portões de ferro, você pode utilizar a tinta automotiva. Ela custa três vezes mais do que a de esmalte, mas é mais resistente ao sol e chuva, além de durar em torno de cinco anos. Já a tinta de esmalte sintético tem duração média de dois anos.

Uma dica para conseguir um bom acabamento é fazer uma preparação adequada. Antes de iniciar qualquer etapa, elimine os pontos de ferrugem com uma escova de aço e, se preciso, use uma demão de anticorrosivo.

Caso haja muitas frestas onde água pode ser acumulada, use massa plástica para corrigir isso. Se precisar de reparos maiores, um serralheiro pode ser necessário.

Para finalizar o preparo, lave com sabão neutro antes da pintura, deixando tudo pronto para a primeira demão. É indicado fazer esse processo em um único dia, para evitar que ele suje novamente.

Para a pintura de portões grandes, usar o compressor é o mais indicado. Caso não o tenha, utilize um rolo de lã ou pincel específico. É necessário mais cuidado, atenção e um pouco de prática.

A primeira demão, também chamada de camada de fundo, tem o papel de servir para fixação da tinta no metal. Depois dela, aplique duas ou três demãos.

Para isso, dilua a tinta em 10% a 15% de solvente, e separe um intervalo de quatro horas entre as aplicações, reservadas às instruções do fabricante. Inicie cedo para ter tempo hábil de fazer as aplicações no mesmo dia.

Pinturas de portões de madeira

Para os portões de madeira, aconselhamos a utilização do esmalte sintético. Assim como no portão de metal, serão necessários alguns cuidados, como lixar para eliminar farpas e irregularidades.

Se for repintura é preciso retirar todo o verniz ou tinta antiga. Para corrigir desníveis, use uma massa própria para madeira.

Antes do acabamento aplique um fundo preparador para fixar a tinta e lixá-lo levemente. Use rolo ou pulverizador e espere secar (em média são 12 horas de descanso).

Depois de seco, use uma lixa fina para deixar toda a madeira com acabamento uniforme. Limpe o pó e aplique a segunda demão e as outras, se necessário.

Se sua intenção é envernizar o portão de madeira, o procedimento é muito parecido e a primeira demão funciona como selador. Para isso, dilua o verniz em 50% de solvente, e espere por 12 horas para secar bem, então lixe para retirar qualquer imperfeição.

Na nova demão dissolva em 25% de solvente. Caso precise de mais demãos, dilua o verniz em 10% de solvente, de modo que o acabamento fique melhor.

Com estas orientações sobre pinturas de portões, você consegue renovar a fachada do seu imóvel deixando tudo com aspecto novo. Sempre recomendamos a contratação de profissionais especializados para garantir um serviço de qualidade. No caso de pintura de portões, a utilização de materiais fortes como solventes pode inclusive apresentar riscos à sua saúde, por isso, a Fix tem uma equipe a disposição para te ajudar.

Chame a Fix!

O aplicativo de serviços que conecta você a prestadores de confiança para consertos, reparos, instalações e manutenções na sua casa.

Baixe o nosso app

Gostou do texto? Então deixe seu comentário e interaja com os nossos perfis nas redes sociais.